Por um Brasil em que o julgamento do Lula dispense a presença do Exército

Instituto Liberal Publicado em 15/01/2018

O primeiro grande ato de 2018 na vida pública brasileira deverá ser o julgamento em segunda instância do ex-presidente Lula pelo caso do tríplex do Guarujá, no próximo dia 24. Não precisamos dizer que nossa torcida mais entusiasmada, há muito tempo, é para que o líder populista seja condenado e preso. Os motivos para isso são vários e o apartamento do Guarujá seria até um dos menores, mas se veio primeiro, que seja feita a justiça, dentro das regras penais e constitucionais.

Leia mais no Instituto Liberal.