Com a estrela na lapela – e condenado a doze anos

Instituto Liberal Publicado em 05/02/2018

Não posso deixar de dividir com os leitores do IL minha satisfação com o julgamento do recurso do ex-presidente, mandatário, monarca extra-oficial do Brasil e baluarte da baixeza atrevida Luiz Inácio Lula da Silva, no TRF-4 que, pelo placar unânime de 3 x 0, confirmou a sentença contra ele em segunda instância e aumentou sua pena para doze anos.

Cresci assistindo a esse senhor transitar da quase unanimidade nacional à execração, depois do processo de devastação do país que comandou. Desde que me entendo por cidadão minimamente consciente, não me recordo de um Brasil em que sua figura não tenha sido protagonista. Desde o começo, porém, um protagonista infame, imoral e inescrupuloso, cuja única proposta é estabelecer um império criminoso do bolivarianismo na América Latina sob patrocínio da cleptocracia lulopetista brasileira.

Leia mais no Instituto Liberal.