Não, João Doria, é preciso ter mais sensibilidade

Destaque Instituto Liberal Publicado em 11/03/2018

Tudo começou com a demonstração de simpatia com o desarmamentismo. Depois a não-redução de tributos, a regulamentação absurda e irracional dos aplicativos de transportes. Agora Doria, que, depois de tantas decepções, já não parece um nome cotado muito seriamente à presidência, conseguiu catapultar-se ao ápice de sua escalada demagógica, de forma tão atribulada que merece comentários.

Leia mais no Instituto Liberal.