A escolha colombiana e o monopólio da humanidade

Instituto Liberal Publicado em 21/06/2018

Neste domingo (17), dia de estreia da Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia, os colombianos escolhiam seu presidente enquanto boa parte do planeta estava de olho na bola rolando. O advogado e ex-senador Iván Duque Márquez, do Centro Democrático, sagrou-se vencedor, com cerca de 54% dos votos, contra 42% de seu rival no segundo turno, Gustavo Petro.

Leia mais no Instituto Liberal.