Dilma, Cuba e o fantasma podre do Foro de São Paulo

Destaque Instituto Liberal Publicado em 19/07/2018

Corria o ano de 1990 e o Partido dos Trabalhadores teve a brilhante ideia de reunir toda a escória política da América Latina que estava enlutada com a queda do Muro de Berlim. O Foro de São Paulo nasceu com os olhos vorazes para cima dos países mais expressivos da região, como Brasil e Argentina, e com os sonhos molhados voltados para a tirania cubana de Fidel Castro.

Leia mais no Instituto Liberal.